Preguntas Frequentes

 

  • Em quais idiomas vocês traduzem?

    Essa resposta pode não estar atualizada quando você a leia (por favor, contate-nos para uma resposta atualizada), mas no momento em que a escrevemos, traduzimos apenas do inglês para o francês e vice-versa. Atualmente, estamos recrutando e logo devemos oferecer traduções em italiano e espanhol.

 

    • Quais tipos de documentos vocês traduzem?

      Para preservar a qualidade dos nossos serviços, somos seletivos e traduzimos apenas os documentos para os quais as nossas habilidades técnicas, jurídicas, culturais e linguísticas sejam suficientes. Uma lista não exaustiva dos documentos que nós traduzimos anteriormente aparece nas páginas listadas na opção 'nossos serviços' dentro das opções "traduções em assuntos jurídicos empresariais", "traduções em casos conteciosos e arbitragem" e "outras traduções jurídicas". Geralmente, nós trabalhamos apenas com documentos jurídicos complexos e não com pedidos pessoais (ex. carteira de motorista, carteira de identidade, etc.).

 

 

  • Por que as suas taxas são mais altas do que as da concorrência?

    Os nossos serviços são diferentes. Os nossos tradutores são advogados de alto nível, treinados nas melhores universidades e escritórios. Obviamente, isso tem um custo. No entanto, esse custo é muito mais baixo para um escritório ou seus clientes do que os custos incorridos quando os documentos são traduzidos por uma agência de traduções gerais e depois essas traduções devem ser inevitavelmente revisadas por advogados associados para garantir a sua qualidade e coerência.

 

 

  • Quem são os seus clientes?

    Os nossos serviços visam em grande parte escritórios de advocacia, instituições financeiras e departamentos jurídicos de grandes empresas. Os nossos consumidores têm pedidos exigentes que agências gerais não podem satisfazer. Nós não atendemos a pedidos pessoais.

 

 

  • Por que vocês usam advogados e não tradutores?

    Tradução jurídica é antes de tudo um exercício jurídico. Traduzir um contrato, uma cessão de direitos ou qualquer outro tipo de documento jurídico é um exercício de precisão e concisão. Diferente de traduções que não são jurídicas, a escolha de cada palavra deve ser ponderada e, frequentemente, transposta na linguagem e no sistema jurídico para o qual será traduzida. Assim, uma tradução de qualidade e precisão requer habilidades jurídicas nos dois sistemas jurídicos analisados e não pode, não importa o que se diga, ser alcançada de forma satisfatória por um tradutor que não seja advogado, ainda que experiente.

 

 

  • Quais garantias vocês oferecem?

    A garantia de satisfação completa. Nós nos comprometemos a revisar e corrigir as nossas traduções até que os nossos clientes estejam satisfeitos.

 

 

  • Quais métodos vocês utilizam?

    O nosso método é simples e eficaz. Geralmente, todas as nossas traduções são feitas por advogados em sua língua materna e então são revisadas por um colega com qualificação similar.